Experiências Pessoais

Tópico: Experiências Pessoais

Relato de visita ao Sanatório de Valongo (portas novas)

Data: 09-07-2017 | De: SBDR

Boas pessoal, somos um grupo de amigos que queria comprovar se as histórias e rumores contados, eram de facto verdadeiros.
Numa sexta feira à noite, estava uma noite particularmente assustadora porque se assentava um nevoeiro cerrado e a visibilidade era muito reduzida, só tínhamos as lanternas para nos guiarmos pelos caminhos do monte.
Passados já alguns minutos de caminho, avistamos finalmente o sanatório. Ficamos cá fora a observar todas as janelas para perceber se estaria lá alguém. Ficamos ainda uns 5 minutos, ali, parados.
Decidimos entrar, logo ali tinha um colchão com uma pegada que nos deixou a todos pensativos, era incrivelmente grande.
Seguimos para uma das salas logo à direita, alguém viu umas estacas de madeira bem afiadas. Mais um motivo para nos deixar perplexos.
A partir deste momento continuamos a nossa exploração sem problemas, mantendo sempre um padrão da esquerda para a direita, para que fosse mais fácil orientarmo-nos lá dentro.
Chegamos ao terceiro andar e quando espreitamos pela janela para ver a altura do edifício, vimos um trator estacionado que parecia ser usado regularmente, apontamos as luzes. Voltamos para dentro e subimos para outro andar. Ouvimos um grande estrondo, parecia um objeto de ferro pesado a cair ao chão. Foi daqueles estrondos que até parece que se sentem. Ficamos todos assustados a tentar perceber de onde tinha vindo o barulho, chegamos a conclusão de que tinha vindo de uma fábrica ali perto. (Pensávamos nós)
Pouco tempo depois, ouvimos uns beeps que pareciam um alarme. Nítidos mas definitivamente distantes, sequenciados.
Os barulhos deixaram de se ouvir e continuamos a explorar. (Depois de sairmos de lá, 3 dos membros do grupo dizem ter ouvido uma conversa entre duas pessoas muito rápida, mas ninguém comentou na altura porque era impercetível)
Fomos ao terraço, um espaço calmo que deve ter uma vista incrível mas que por causa do nevoeiro não deu para ver nada. Ouvia-se uma música de fundo que julgamos ser de uma festa lá perto (ainda ninguém sabe confirmar se é verdade ou não).
A partir dali, só nos faltavam os dois andares subterrâneos.
Entramos no primeiro subterrâneo, nada fora do normal, reparamos só que de um lado do sanatório estávamos debaixo do solo e no outro ainda estávamos a cima do terreno. Encontramos apenas um sapo vivo.
Sabíamos que havia mais um andar para baixo mas não encontrávamos nenhuma descida, até que nos lembramos de umas escadas em espiral que desciam para lá, super apertadas, só passava um de cada vez.
Chegamos lá a baixo e deparámo-nos com duas portas novas. Uma de madeira com um cadeado e outra de ferro verde com uma fechadura. Um de nós aproximou-se da porta para tentar perceber se ouvia alguma coisa do lado de lá.
O problema foi que de facto ouvimos barulho demasiado evidente e nítido.
Uma porta a abrir, aquele típico ranger dos filmes de terror, as reações de toda a gente nessa altura foi incrível, começamos todos a correr, mas não era aquele correr que não dá para mais, íamos tranquilamente até que ouvimos um cão a ladrar super agressivamente. Aí sim, começamos a correr que nem uns desalmados, alguns enganaram-se no caminho e a aflição foi ainda maior. Subimos as escadas de uma forma que nem eu sei como foi possível, chegamos cá fora a correr e ainda nos enganamos nos caminhos, depois lá encontramos o trajeto para o carro sempre com o receio de vir alguém atrás.
No fim disto, e já depois de pensar, repensar, argumentar e reargumentar surgem-nos imensas dúvidas.
Quem seria que estava no outro lado da porta? Porque é que estava do outro lado da porta? Será que de facto estava lá alguma coisa? Seriam colunas?
Faltam muitas coisas para fazer sentido. Notava-se que era um cão de porte grande, no entanto não ouvimos as patas a fazer barulho, o barulho da porta era demasiado clichê. A nossa curiosidade neste momento é gigante. Alguém tem respostas? Já alguém experienciou isto lá? Ou algo semelhante?
Props

Sanatório de Valongo

Data: 26-05-2017 | De: Adriano Jordão

Estive lá a pouco tempo de dia e achei o local aterrador e inóspito. Julgo que não seria capaz de ir lá de noite

Trajeto

Data: 31-10-2016 | De: Joaquim Costa

Boa tarde. Tentei ir ao sanatório de Valongo de carro através do Google maps mas só tinha estrada até uma capela que julgo ser a senhora dos chão... Não dá para ir de carro até ao sanatório? Não tem estrada? No caso de ter, qual o percurso que devo fazer?

Re:Trajeto

Data: 24-04-2017 | De: andre

escreve parque paleozoico de valongo no gps depois nao viras para o parque vais sempre em frente ,quando aparecer umas casas do lado esquero viras logo a direita e ai é a entrada do sanatorio ,ha muitas entradas mas mais dificil para ti .eu ja fui ao sanatorio umas trinta e tal vezes aquilo é altamente .apesar de agora colocarem la tijolos a tapar as janelas e diz propriedade privada (acho que é para assustar so quem fez isso)

Sanatório

Data: 19-09-2016 | De: B

Boas pessoal, de facto o sanatório de Valongo é um local sinistro em relação a entidades
O ambiente é pesado e frio mesmo no verão
Na adolescência que não vai a mais de 6 anos eu e mais 2 amigos passávamos lá noites e noites no último piso a fazer piqueniques e jogar as cartas e voltávamos a casa de manha
A delinquência e tráfico tornaram o local perigoso... lembro me de há uns anos estarmos lá e ouvimos ruído
Fomos ver porque já estávamos lá desde as 21 e não tava lá ninguém
Quando demos por ela eram uns rapazes mais velhos que iam para lá aterrorizar uns casais que na altura usavam aquilo como um local com mais privacidade ... ainda lhes demos uma lição e quem saiu com medo de lá e nunca mais voltou foram eles...
Contudo de há uns tempos para cá a situação do perigo lá a noite está pior
Volta e meia eu e esses 2 amigos ainda voltamos aquele local onde temos várias recordações e marcaram a nossa adolescência e encontramos coisas que nunca lá vimos como carros roubados inúmeras vezes a polícia assim como pessoas de aspecto duvidoso e ainda já nos deparamos com algumas trocas de droga / dinheiro
Se pensarem em lá ir estejam sempre atentos
Abraços e preservem este local

Sanatório de Valongo

Data: 12-07-2016 | De: Ana

No dia 9 de Julho fomos ao sanatório pela primeira vez. Cheios de coragem mas ao chegar lá queiramos. Aquilo é sinistro e o ambiente muito pesado. Fomos a noite, aquilo não tem luz, por isso é fácil de imaginar o nosso pânico. Só conseguimos subir ao primeiro piso e voltamos. O interessante foi termos visto muitas luzes (lanternas) e alguém de colete reflector a afastar-se a medida que nos aproximavamos. Ainda de carro. Não ouvimos mais nada nem vimos mais ninguém, a não ser no fim da nossa visita. Andavam escuteiros (pelo menos assim estavam vestidos) pelo mato de acesso ao sanatório e apontaram as lanternas para nos quando íamos embora (já dentro do carro).
Esta noite voltamos. Desta vez um grupo maior, mais de 10. Como éramos mais, sentimos mais coragem e iniciamos a exploração.
Desde que chegamos eu tive a sensação de energias estranhas. Apetecia vir embora mas não quis dar parte fraca. Mal nos colocamos na parte da entrada, ainda do lado de fora, ouvi um barulho que parecia um cão a rosnar. Mas disseram que era uma mota. Entramos. Exploramos vários corredores e pisos e um deles foi particularmente surpreendente porque se viam umas luzes que não eram reflexo de nada (o corredor não tinha buracos e lá não há luzes). Temos vídeo gravado onde se vê bem! Percorremos todo o edifício, bem como a capela e a escola. No terraço havia um recanto onde tinha cobertores e lata de cerveja. Mais abaixo, no rés do chão vimos o que parecia ser xixi "fresco"... Além de marcas no chão, tipo cuspidelas. Ao regressarmos da capela vimos muitos frascos de iogurte líquido ao fundo das escadas (junto à entrada principal) e voltamos a ouvir o tal barulho que parecia um cão a rosnar. Fomos para os carros e dois elementos queriam fazer xixi mas quando um deles se afastou um pouco para fazer ouviu "shhhh" e assustou se, voltando para junto de nós. Depois alguém sugeriu q se fumasse um cigarro mas alguns insistiram para sair de lá, eu inclusive. Estava a sentir mesmo aquele pânico de "temos de sair daqui já". Os que tinham o carro virado para o sanatório mal ligaram as luzes viram dois rapazes a dirigirem se a nós. O colega deu máximos mas ele não parava de se aproximar. Os outros carros estavam já em posição de saída, por isso ninguém se apercebeu além dos que estavam nesse carro que todos viram esses rapazes. Conseguem descrever as roupas mas não as caras. Ficaram super assustados e quando nos telefonaram em pânico saímos de lá o mais depressa possível. Foi uma visita muito estranha mesmo! Estamos todos embatucados com tudo o que sentimos e ouvimos. Temos um vídeo de 20min que gostávamos que fosse analisado. Cumprimentos

Re:Sanatório de Valongo

Data: 04-08-2016 | De: Team Anormal

Olá Ana, antes de mais nada o nosso muito obrigado pelo teu testemunho. Quanto ao Sanatório de Valongo já fizemos várias investigações lá e concordo quando dizes que o ambiente é pesado e há sim a sensação de sermos observados por "entidades". Infelizmente o Sanatório tornou-se num local problemático e perigoso. O ideal (e este conselho é para quem pensa lá ir) é ir em grupo de bastante pessoas. Nunca vão só dois ou três. Quanto ao vídeo que tens faz o upload no "wetransfer" (procura no google) e envia para nós: teamanormal@gmail.com Obrigado

Re:Sanatório de Valongo

Data: 21-11-2016 | De: Ricardo

Eu gostava de la ir. Eu e os meus amigos já combinamos ir um dia ao final do dia e tal... Gostava de ver esse video pode me mandar o link pff?

Re:Sanatório de Valongo

Data: 01-03-2017 | De: Nuno Almeida

Olá, estou muito interessado em ir visitar esse sitio, será que poderia me enviar esse vídeo?
Pelo wetransfer para o e-mail: stupiddeathptgmail.com
Se faz-favor, muito obrigado.

Re:Sanatório de Valongo

Data: 24-04-2017 | De: andre

secalhar foi o meu grupo XD O VERAO PASSADO ASSUSTAMOS TANTA gente no sanatorio que nem vos passa ha 2 anos foi pior partidas de mal gosto heehheh levavamos de tudo para la foguetes sirenes mascaras megafones etc estejam atentos ahahha

1 | 2 | 3 | 4 | 5 >>

Novo comentário